segunda-feira, 7 de agosto de 2017

ITABUNA-BA: Parceria entre Caps AD e Atenção Básica fortalece atendimento à população

A coordenação do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS AD) e o Departamento da Atenção Básica da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) se uniram para dinamizar ainda mais o atendimento e a melhoria do serviço prestado pelo centro aos pacientes cadastrados no programa de recuperação de usuários de álcool e drogas em Itabuna.

A parceria foi oficializada na sede da SMS e segundo o coordenador da unidade, José Messias dos Santos, a proposta visa, principalmente, ampliar a assistência médica aos cadastrados no centro, além de tornar o atendimento mais humanizado e digno para todos os pacientes assistidos na unidade. São cerca de 50 pacientes intensivos, assistidos de segunda a sexta-feira, e os semi intensivos que frequentam o centro pelo menos três vezes por semana.

Messias explicou que muitos dos pacientes usuários de álcool ou drogas atendidos no CAPS AD, apresentam outros tipos de patologias, a exemplo de hipertensão, diabates ou o vírus do HIV e por isso necessitam de maior atenção e assistência, oferecidas pela rede de Atenção Básica.

“As unidades de saúde do município mantêm profissionais de saúde de várias especialidades, como cardiologistas, por exemplo, além dos agentes comunitários de saúde (ACS), importantes parceiros para a medicina curativa e preventiva da população como um todo”, destacou o coordenador do CAPS.

Ele lembrou que os ACS que atuam em cada uma das unidades, conhecem de perto a realidade das famílias cadastradas por atuarem, justamente, nas mesmas áreas, “o que significa que os benefícios e a atenção em favor dos pacientes sejam ampliados, resultando em atendimento e tratamento mais humanizado”.

Ele informou que além da assistência médica os pacientes do centro também participam de ações, como oficinas terapêuticas e atividades esportivas adaptadas, entre elas futvolei, handebol, futebol de salão entre outras, que ajudam no processo de recuperação e de ressocialização dos pacientes.

Messias destacou, ainda, a sensibilidade da secretária de Saúde, Lísias São Mateus e das diretoras Sandra Regina Fernandes Lacerda, da Média e Alta Complexidade e Alessandra Lopes, da Atenção Básica, pelo apoio que prestam ao programa de recuperação de usuários de drogas ao abraçarem projetos que visem a melhoria da qualidade de vida da população assistida pela Sistema Único de Saúde (SUS).

Nenhum comentário:

Postar um comentário