quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Fachin nega suspeição de Rodrigo Janot para atuar em denúncias contra Temer

Foto: STF
O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), negou que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, tenha agido com parcialidade durante as investigações contra o presidente Michel Temer. O pedido de suspeição foi realizado pela defesa de Temer e negado pelo ministro nesta quarta-feira (30). “Se ao contrário, assumir de pronto que o suspeito é culpado, sem uma convicção da sua responsabilidade, vai atuar no curso das investigações e do processo com o objetivo de obter elementos que confirmem o seu posicionamento prematuro”, afirmou o advogado do presidente, Antonio Mariz. BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário