terça-feira, 8 de agosto de 2017

De olho na meta fiscal, governo estuda aumentar alíquota do Imposto de Renda

Foto: Agência Brasil
Para reforçar os cofres públicos a partir do próximo ano, o governo federal decidiu desengavetar projetos de aumento de impostos, incluindo um que cria uma nova alíquota para o Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF), que poderia chegar a 35%. Segundo informações do jornal O Globo, outras ideias são cobrar IR sobre lucros e dividendos, além de revisar desonerações. Todas essas medidas só podem ser aplicadas por meio de projeto de lei, e para isso precisam ser apresentadas ainda neste ano. O impacto, porém, só seria sentido sobre as contas de 2018. Uma ala do governo é contra mexer na meta fiscal do próximo ano e quer esperar até setembro para ver se é de fato necessário mudar a deste ano, que estima um rombo de R$ 139 bilhões. Os que defendem a revisão imediata da meta sabem que o presidente Michel Temer tem pouco fôlego aprovar medidas impopulares – a que teria o maior potencial de arrecadação seria instituir uma tributação sobre lucros e dividendos, acima de R$ 10 bilhões. BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário