quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Comentários a uma sentença anunciada – O processo Lula

A curitibana Carol Proner, que ultimamente apareceu nos jornais como nova namorada de Chico Buarque tem coisas mais importantes em seu currículo. Ela é professora de Direito da UFRJ, e uma das coordenadoras do livro coletivo, com participação de uma centena de juristas, que discute a sentença de Sergio Moro que condenou Lula.
A obra será lançada na próxima sexta-feira, no Rio de Janeiro, com as presenças de Lula e Dilma Rousseff. Em seguida segue para São Paulo (segunda, dia 14), em evento com debate e participação do ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo.
Os 122 artigos, de 103 autores, contestam a condenação do ex-presidente Lula pelo juiz Sergio Moro no processo sobre o tríplex em Guarujá. De forma geral, os autores afirmam que o Ministério Público Federal foi incapaz de comprovar que Lula é o dono do imóvel, mas que ainda assim, Moro condenou o petista a nove anos e meio de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro.

O livro ficou pronto um mês depois da condenação, o que significa que ninguém acreditava na absolvição de Lula.

Cada exemplar custará R$ 50,00 e a tiragem inicial é de cinco mil exemplares.

Nenhum comentário:

Postar um comentário