sábado, 5 de agosto de 2017

Colômbia se prepara para receber até 2 milhões de venezuelanos

da Folha de S. Paulo
O risco de a crise venezuelana escalar para uma guerra civil gera temores nos países vizinhos não só sobre a estabilidade regional, mas também com o provável fluxo de refugiados que o conflito originaria.

A Colômbia, que tem a maior e mais porosa fronteira com o país de Nicolás Maduro, trabalha com a possibilidade de ter de absorver 2 milhões de pessoas. Isso equivale a nada menos que 6,3% da população venezuelana.

A expectativa de fuga em massa se deve ao agravamento da instabilidade política e à economia assolada por uma inflação que deve chegar a 700% este ano e pelo grave desabastecimento.

O número foi aventado pelo ministro da Defesa colombiano, Luis Carlos Villegas, em reunião recente com oficiais sul-americanos, segundo a Folha apurou.  Leia Mais »

Nenhum comentário:

Postar um comentário