domingo, 30 de julho de 2017

Uma ditadura bem ali na esquina

A Venezuela dá neste domingo (30) o passo final para a instalação de uma ditadura. Foi “despacito”, para citar um sucesso mundial. Hugo Chávez foi comendo a democracia pelas bordas, pouco a pouco, mas preservou ao menos o centro do prato, na forma de eleições razoavelmente livres.

Sabia que podia ganhá-las porque a bonança petrolífera lhe assegurava recursos para programas sociais que fizeram com que os pobres, pela primeira vez na história venezuelana, sentissem a presença do Estado. Na década passada, que foi a década chavista, entrou nos cofres públicos a impressionante soma de US$ 1 trilhão, o que equivale a quase 2/3 do PIB brasileiro atual.  por Robson Pires

Nenhum comentário:

Postar um comentário