quinta-feira, 27 de julho de 2017

Tricampeão baiano pelo Bahia, Perivaldo morre no RJ aos 64 anos

Fotos: Divulgação / TV Bahia
Considerado um dos melhores laterais da história do Bahia, Perivaldo faleceu nesta quinta-feira (28), no Rio de Janeiro, vítima de uma pneumonia. O ex-atleta, que tinha 64 anos de idade, marcou história no clube baiano ao conquistar os títulos estaduais de 1975, 1976 e 1977. 
No Esquadrão, o "Peri da Pituba" ganhou uma Bola de Prata da Revista Placar no ano de 1976. Em nota no site oficial, o Bahia homenageou Perivaldo. "A diretoria do Esporte Clube Bahia manifesta solidariedade à família de Perivaldo Lúcio Dantas, o “Peri da Pituba”, que defendeu e honrou as cores do Esquadrão de Aço no final da década de 1970", escreveu. BN

Perivaldo foi revelado pelo Itabuna, em 1973. Alcançou sucesso e reconhecimento em sua passagem pelo Botafogo, quando chegou à seleção brasileira, quando fez parte do histórico time de 82 com Falcão, Zico, Sócrates. O ex-lateral ainda vestiu as camisas do Bahia, Palmeiras, São Paulo, Bangu e Yukong Elephants, da Coréia do Sul. Durante algum tempo, Perivaldo morou nas ruas de Lisboa, em Portugal, como mendigo. Foi descoberto pela reportagem do "Fantástico", da TV Globo, em novembro de 2013, e retornou ao Brasil, onde ganhou a "chance da vida" no Sindicato dos Atletas de Futebol do Rio de Janeiro (Saferj), no início de 2014, quando ganhou um emprego e uma casa para morar na Tijuca, Zona Norte do Rio de Janeiro. (Robério Menezes - RBN)

Nenhum comentário:

Postar um comentário