domingo, 30 de julho de 2017

STF espera casos de governadores citados na Odebrecht

A reta final do mandato de Rodrigo Janot à frente da Procuradoria-Geral da República não será o foco das atenções apenas do presidente Michel Temer.

A expectativa no STJ (Superior Tribunal de Justiça) é de que a PGR envie já no início de agosto os pedidos de investigação ou de arquivamento sobre os casos de quatro governadores citados na delação da Odebrecht: Geraldo Alckmin (PSDB-SP), Flávio Dino (PC do B-MA), Paulo Hartung (PMDB-ES) e Luiz Fernando Pezão (PMDB-RJ).

No total, nove governadores foram implicados na colaboração da Odebrecht. Cinco casos já estão em tramitação no STJ, todos sob sigilo. Na PGR, os pedidos de investigação estão nas mãos do vice-procurador-geral, José Bonifácio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário