segunda-feira, 31 de julho de 2017

Professora pode pegar 230 anos de prisão por sexo com menor

Colaboração para o UOL
Reprodução /Wtvr
29.jul.2017 - A professora Amanda Nasser admitiu ter feito sexo com um de seus alunos

A professora Amanda Nasser, de 31 anos, pode pegar até 230 anos de prisão após ser considerada culpada das acusações de ter feito sexo com um aluno de apenas 15 anos de idade. Ela dava aulas em uma escola de ensino médio de Louisa (Virgínia, EUA). Segundo as autoridades, Amanda teria mantido relações com o jovem na traseira de um furgão, onde ela colocou um colchão.

O relacionamento aconteceu entre 18 e 26 de setembro de 2016, ainda segundo informações das autoridades que investigaram o caso. Entre as provas, estão a troca de mensagens entre a professora e o aluno, onde haveria fotos dos dois nus e solicitando encontros.

"Após alguns dias trocando mensagens, Nasser sugeriu se tornar amiga da mãe do jovem para poder ter acesso a ele fora da escola", disse o promotor responsável pelo caso, Rusty McGuire. "Ela é uma predadora perigosa que preparou e tirou proveito de uma criança", completou.

Apesar de inicialmente ter negado, Nasser admitiu esta semana ter feito sexo com o menor em quatro ocasiões e ter mandado solicitando encontros. Divorciada e mãe de três crianças, ela foi presa em setembro de 2016. Ao todo, ela foi considerada culpada de 18 acusações. A sentença deve sair no dia 2 de outubro. A pena mínima é de sete anos de prisão.

"Nós esperamos que este caso mande uma mensagem forte do que quando você abusa de uma criança em Louisa vai sofrer graves consequências", completou o promotor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário