terça-feira, 4 de julho de 2017

PMDB não fechará questão sobre denúncia contra Temer, diz Jucá

O líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), disse nesta segunda-feira que que não é necessariamente obrigatório que o partido feche questão na bancada da Câmara contra a autorização para que o Supremo Tribunal Federal processe o presidente Michel Temer. A Procuradoria-Geral da República denunciou Temer por corrupção passiva. E a Câmara deve autorizar a abertura do processo. Para isso, são necessários 342 votos. As informações são d’O Globo.

— Não precisa fechar questão, pois isso não é questão partidária, é questão de foro íntimo, de julgamento. A bancada do partido, se quiser, vai pedir no âmbito Câmara. A posição do presidente do partido é analisar qualquer pedido e agir como juiz — disse Jucá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário