segunda-feira, 31 de julho de 2017

Pesquisa aponta que 64,2% querem eleições diretas e 15,6% intervenção militar no Brasil

por Fernando Duarte
Foto: Beto Barata/PR
Um levantamento realizado pelo Instituto Paraná Pesquisas aponta que 64,2% dos brasileiros querem o afastamento do presidente da República, Michel Temer (PMDB), com a realização de eleições diretas. Nesta quarta-feira (2) há a expectativa da Câmara dos Deputados apreciar a admissibilidade da denúncia contra Temer, que pode culminar com o afastamento do presidente do Palácio do Planalto. No mesmo levantamento, a pesquisa verificou que 15,6% dos 2.020 entrevistados defende a intervenção militar. O número é maior do que aqueles que defendem a permanência de Temer no cargo, 6,9%, ou a ascensão do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) para substituir o peemedebista no comando do Executivo federal, 5,6%. Não souberam ou não opinaram 2,9% e nenhuma das opções foi escolhida por 4,9% dos entrevistados em 156 municípios entre os dias 24 e 27 de julho. O levantamento tem intervalo de confiança de 95% e margem de erro de 2% para mais ou para menos. BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário