segunda-feira, 31 de julho de 2017

Os ‘prestadores de serviço’ Youssef e Vaccari

Do doleiro Alberto Youssef à Veja sobre o futuro do Brasil, destaca O Antagonista.

“Não vejo interesse em mudar os costumes políticos. Essa fase de Lava Jato vai passar, e vai continuar tudo como está. O sistema vai continuar. O Brasil não vai mudar.”

Mais adiante, Youssef disse que o ex-tesoureiro petista João Vaccari Neto “é um cara que não tem um centavo para puxar para ele”, “um cara correto”, “o dinheiro roubado entrava e ele mandava para o PT”.

“Eu digo sempre que tem dois caras que não roubaram ali. Um sou eu. O outro é o Vaccari.”

Ambos estavam envolvidos em um esquema de corrupção, “mas não roubamos”, reiterou o doleiro.

“Éramos prestadores de serviço. O dinheiro era dos outros.”

O Brasil, de fato, não vai mudar enquanto roubar para os outros não for também considerado roubar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário