sexta-feira, 21 de julho de 2017

Mortes por Aids diminuíram quase 50% no mundo desde 2005, diz ONU

A Unaids pode comemorar ainda por conta da melhora nos tratamentos da doença.
Um novo relatório divulgado pelo Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids (Unaids) mostra que o número de mortes pela doença caiu 50% desde 2015, quando 1,9 milhão de pessoas faleceram por causa da epidemia em todo o mundo. Em comparação, no passado foram 1 milhão de pessoas.

A Unaids pode comemorar ainda por conta da melhora nos tratamentos da doença. Em 2016, 53% dos 36,7 milhões de soropositivos estavam tomando antiretrovirais e com uma "expectativa de vida quase normal".

O vice-diretor executivo do Unaids, Luiz Loures, alertou, contudo, que mesmo com o progresso o combate ao vírus não deve ser deixado de lado. "Com decisão política, com o envolvimento de comunidades e com os recursos necessários, cada vez mais nós estamos convencidos que podemos chegar ao fim da epidemia”, disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário