sábado, 1 de julho de 2017

Justiça acata pedido do MP e determina que Roger Abdelmassih volte à prisão

Foto: Eduardo Enomoto / R7
O Tribunal de Justiça decidiu acolher o pedido do Ministério Público (MP) e determinou que o ex-médico Roger Abdelmassih volte para a prisão. Condenado a 181 anos de prisão por 48 estupros de 37 pacientes, ele estava cumprindo pena em regime domiciliar há uma semana. Agora, o homem de 74 anos vai retornar à penitenciária de Tremembé. Segundo informações do G1 SP, o MP contestou a decisão da Justiça, alegando que o ex-médico não "cumpriu pena suficiente para qualquer espécie de progressão de regime", afirmou. A promotoria alegou também que um laudo médico, realizado por um perito nomeado pela Justiça, não apontou que o acusado precisava deixar o presídio para receber o atendimento médico que precisava – ele sofre de problemas cardíaco e pulmonar. BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário