segunda-feira, 17 de julho de 2017

Janot diz que 'MP não tem pressa' para apresentar nova denúncia contra Temer

Foto: José Cruz / EBC
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, disse nesta segunda-feira (17) não ter pressa para apresentar uma segunda denúncia contra Michel Temer. Janot já apresentou uma denúncia contra o presidente pelo crime de corrupção passiva com base nas delações premiadas da JBS. De acordo com o G1, existe a expectativa de que novas acusações sejam apresentadas. O mandado de Janot como procurador-geral da República termina em setembro. "O MP não tem pressa e nem retarda denúncia. Existem investigações em curso e essas investigações, uma está mais adiantada que outra, e se até o dia 15 de setembro, último dia útil do meu mandato, eu obtiver esse quadro definido, eu não posso deixar de fazer isso, sob pena de prevaricar, de não praticar meu ato de ofício", declarou Janot durante evento em Washington. Ele também afirmou que vai aceitar a decisão da Câmara "com a maior naturalidade possível" caso a sua denúncia por corrupção passiva seja rejeitada pelos deputados. Durante a entrevista, o procurador também disse que "ninguém se sente feliz dando imunidade a criminoso" ao comentar o acordo de delação premiada com o empresário Joesley Batista. BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário