domingo, 23 de julho de 2017

ITABUNA-BA: HOSPITAL DE BASE INAUGURA NOVAS INSTALAÇÕES DA ENFERMARIA B NO ANIVERSÁRIO DA CIDADE

O hospital de Base Luís Eduardo Magalhães foi inaugurado cm 27 de setembro de 1998 pelo então Prefeito Fernando Gomes de Oliveira. Em sua essência desenvolve atividades que tem proporcionado acolhimento, bem-estar e saúde a população. Sendo uma unidade hospitalar pública de vital importância na região Sul e Extremo Sul da Bahia, já que é referência em traumas.

Pois bem é com imensa alegria e gratidão que anunciamos no próximo dia 28 deste, aniversário da cidade de Itabuna, a grande reforma de uma das três enfermaria da FASI – Fundação de Atenção a Saúde de Itabuna (Hospital de Base), que contou com a maciça colaboração e visão social do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região, na pessoa da Excelentíssima Juíza da 2ª Vara do Trabalho de Itabuna a Srª Dra. Eloina Maria Barbosa Machado, que efetivou um repasse/doação que faz parte de acordo homologado numa Ação Civil Pública movida pelo Ministério Público do Trabalho, destinando parte do valor a área de saúde pública de Itabuna.

Imperioso salientar que, o repasse/doação vai garantir uma ampla reforma na enfermaria B, que conta com 38 leitos, que incluirá climatização, recuperação de rede elétrica e hidráulica, pintura, novos assentos sanitários, dentre outras melhoras.

O resultado disso representa um maior conforto aos pacientes e acompanhantes além de melhores condições de trabalho aos profissionais de saúde, como também aumento de segurança no local de trabalho.

Para a Presidente do Hospital de Base, Márcia Andrade, a inauguração das novas instalações reforça o compromisso da atual gestão em ofertar melhores serviços com qualidade, respeitando os direitos individuais e coletivos, A Presidente ressalta ainda, que: “A FASI é um Hospital portas abertas de urgências e emergências para toda população de Itabuna, prestando inúmeros serviços há 168 (cento e sessenta e oito) municípios pactuados”. 

Segue aduzindo que, “os primeiros 06 (seis meses) de gstão, foram realizados cerca de 35 (trinta e cinco) mil atendimentos, além de mais de 3 (três) mil internações e mais de 2 (dois) mil cirurgias nas áreas de Clinica Cirúrgica, Ortopedia, Traumatologia, Bucomaxilofacial, Neurocirurgia e cirurgia Vascular, sem falar em supressões de valores de contratos, corte de despesas, tudo com objetivo de adequar as contas do Hospital. 

A direção do Hospital de Base pede a compreensão de toda população, uma vez que estão empenhados em reconquistar a confiança dos prestadores de serviços, prezando pelo bem maior que é a valorização de todos colaboradores e, por conseguinte, a melhoria no atendimento de qualidade, respeitando assim a população.

Nenhum comentário:

Postar um comentário