segunda-feira, 3 de julho de 2017

Empresa inovadora faz pecuarista lucrar mais sem desmatar na Amazônia

A Pecuária Sustentável da Amazônia assume a gestão de fazendas degradadas, recupera as florestas e faz o negócio dar mais dinheiro
Rebanho num dos lotes de pastagem com a floresta ao fundo (Foto: Divulgação - Pecsa)

A solução para o desmatamento na Amazônia parece fazer sentido financeiro. É possível produzir sem cortar mais floresta, mostra um volume cada vez maior de pesquisas. Estudos e simulações indicam que dá para criar mais bois por hectare, com técnicas melhores, conservando as áreas de preservação permanente, a reserva legal de floresta e evitando novos desmatamentos. E que, além de evitar complicações com órgãos ambientais, essa prática rende bons resultados financeiros e mantém a produtividade da fazenda por mais tempo. Fica a pergunta: se é tão bom assim, por que então os produtores rurais da região não se modernizam? Para responder a essa questão, um grupo de pesquisadores decidiu passar para o lado dos negócios. Eles largaram uma das principais ONGs da região e abriram uma empresa que gerencia as fazendas, com boas práticas ambientais e bom manejo do gado. O resultado tem sido tão promissor que a empreitada agora está se expandindo. Leia mais em http://epoca.globo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário