quinta-feira, 6 de julho de 2017

Com quase 100 páginas, defesa de Temer chega à Câmara

Segundo advogado, Temer está tranquilo.
A defesa do presidente Michel Temer (PMDB) foi entregue por seus advogados à Comissão de Constituição e Justiça da Câmara na tarde desta quarta-feira (5). De acordo com o jornal Estadão, o documento possui quase 100 página onde os defensores do peemedebista tentam desconstruir a acusação de corrupção passiva no caso JBS, protocolada pelo procurador-geral da República Rodrigo Janot.

De acordo com o advogado Antonio Claudio Mariz, em um encontro que teve com Temer no Planalto há pouco o peemedebista estava "tranquilo". Ele disse também que ainda está se preparando para a sustentação oral que fara após a leitura do voto do relator, que a princípio deve acontecer na próxima segunda-feira (10). Mariz chegou acompanhado do advogado Gustavo Guedes e dos deputados Carlos Marun (PMDB-MS) e Darcisio Perondi (PMDB-RS).

“Mostramos a inexistência de provas de corrupção passiva. A prova toda é baseada em gravação ilícita e contaminou todos os demais elementos. Mesmo que assim não fosse, considerando-se como correta, como em ordem a gravação, mesmo assim, não encontra nenhum elemento que comprometa o presidente da República”, alegou o advogado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário