sexta-feira, 28 de julho de 2017

Com alto índice de rejeição, Temer afirma que vai pedir 'puxador de palmas'

Foto: Valter Campanato / Agência Brasil
No mesmo dia em que seu índice de aprovação caiu para 5% – pior resultado já alcançado –, o presidente Michel Temer (PMDB) pediu um "puxador de palmas" no Palácio do Planalto. O anúncio foi feito durante a solenidade para a assinatura de concessão de quatro aeroportos, nesta quinta-feira (27). "Quero destacar a contribuição decisiva para o êxito dessas concessões dos ministros Maurício Quintella, Moreira Franco e Eliseu Padilha. Portanto, recebam todos, mais uma vez, o nosso reconhecimento. Aliás, estavam faltando palmas, viu? Eu disse que na próxima vez vamos trazer um "puxador de palmas", afirmou o presidente na ocasião. Temer ainda explicou ao público presente como funcionaria o papel. "Alguém que bate palmas, os outros batem. Mas aqui, as palmas vieram do coração, do reconhecimento. Os senhores ao cumprimentarem os ministros, o fizeram pela voz mais eloquente do corpo que são as palmas", ressaltou. Atualmente, o governo Temer é considerado regular para 21% dos brasileiros ouvidos pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) enquanto 83% desaprovam o governo peemedebista (saiba mais aqui). BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário