quarta-feira, 19 de julho de 2017

Cientistas identificam causa da depressão e revertem sintomas

Foto: Imagem Neurônio em sinapse/Daniel Knowland e Byungkook Lim, UC San Diego/Divulgação
Uma descoberta importante sobre a depressão abre caminho para tratamentos mais eficazes.

Pesquisadores da Universidade da Califórnia em San Diego detectaram como a depressão atua sobre o cérebro.

Eles identificaram os circuitos cerebrais ligados a sentimentos de desespero e desamparo, típicos da doença. E o mais importante: conseguiram aliviar e reverter os sintomas em estudos com ratos.

Segundo os cientistas esta é a primeira evidência clara da ligação entre os circuitos cerebrais e a depressão.

Em estudo publicado na semana passada no jornal Cell, os autores mostram uma correlação entre a atividade de certas células cerebrais e diferentes sintomas comportamentais da depressão.

Eles partiram do princípio de que diferentes áreas e circuitos cerebrais podem mediar ou contribuir para aspectos da depressão. CONTINUE LENDO

Nenhum comentário:

Postar um comentário