terça-feira, 18 de julho de 2017

BA: Três são denunciados por suspeita de fraude de cotas raciais no concurso da Agerba

Foto: Divulgação
O Ministério Público do Estado (MP-BA) denunciou três pessoas por suposta fraude nas cotas raciais do concurso da Agerba. O resultado do certame foi divulgado em março deste ano. De acordo com informações da coluna Satélite, do jornal Correio, a denúncia afirma que os candidatos foram aprovados para as vagas destinadas a pessoas que se autodeclaram negras, mas não preenchiam os requisitos. Com a acusação, o governo da Bahia abriu um processo investigativo para apurar o caso. Os candidatos não tiveram seus nomes revelados e serão convocados a comprovar presencialmente a condição de cotistas. O não comparecimento implicará no reconhecimento da fraude. A apuração será realizada pelas secretarias estaduais de Administração e de Promoção da Igualdade Racial, além da própria Agerba. O certame disponibilizou 60 vagas, sendo 12 para cotas raciais. Caso comprovada a fraude, os candidatos serão excluídos do concurso. BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário