segunda-feira, 10 de julho de 2017

Após pedido de posição, Maia define que somente não trabalhará contra o governo

Foto: Beto Barata/ Presidência da República
O presidente Michel Temer e o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), contaram a deputadas da base aliada, durante a reunião realizada neste domingo (9), que cobraram uma posição do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), em relação à denúncia apresentada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Segundo informações do Blog de Andrea Sadi, do portal G1, Jucá relatou que o Planalto informou a Maia que “neutralidade não basta”. O recado foi repassado pelos deputados ao presidente da Câmara, que devolveu dizendo que somente não vai trabalhar contra o governo, pedindo votos contra o presidente. Atualmente, outra preocupação é o PSDB, que se reúne para discutir eventual saída do governo nesta segunda-feira (10). BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário