sábado, 22 de julho de 2017

Após alta na gasolina, governo não descarta novo aumento de impostos

Foto: Reprodução / Credilink
Após ter elevado alíquotas de PIS/Confins sobre combustíveis, o governo não nega que novas altas de tributos podem ocorrer novamente. Apesar de afirmar que "neste momento" a possibilidade não irá ocorrer, ela não está descartada até o fim do governo de Temer. De acordo com informações da Exame, as necessidades de aumentos foram justificadas pelo ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e do Planejamento, Dyogo Oliveira, como forma de cumprir a meta fiscal de déficit de R$ 139 bilhões. “Estamos atentos, a equipe econômica está atenta a isso apenas para esse aumento. Não sei se haverá necessidade ou não, mas naturalmente haverá diálogo e observações sobre isso”, disse o presidente Michel Temer em visita à Argentina. BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário