domingo, 9 de julho de 2017

Alckmin diz que não há razão para PSDB ficar na base de Temer após aprovação de reformas

Foto: Eduardo Saraiva / A2IMG
O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, afirmou neste domingo (9) que "não tem nenhuma razão" para o PSDB se manter na base do presidente Michel Temer depois da aprovação das reformas trabalhista, previdenciária e política. Segundo o G1, ele ressaltou que defende que o partido não tenha mais cargos no governo. “Hoje, o que nós devemos fazer? Aguardar o término das reformas. Terça-feira agora é a reforma trabalhista, ela poderá ser aprovada no Senado. E aí vai à sanção presidencial. Também a reforma previdenciária a gente vai saber em pouco tempo se ela vai prosperar ou não. E a reforma política também tem data. Depois disso, eu vejo que não tem nenhuma razão para PSDB participar do governo”, explicou o governador. O prefeito de São Paulo, João Dória, foi ao encontro do discurso do seu correligionário e defendeu que o PSDB deixe a base aliada, mantendo o apoio às reformas propostas pelo Palácio do Planalto. BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário