sexta-feira, 30 de junho de 2017

Temer deve usar só 4 sessões para se defender em comissão na Câmara

O Globo
No dia em que o governo foi notificado sobre a denúncia de Rodrigo Janot, o Palácio do Planalto traçou como estratégia adotar o chamado rolo compressor no Congresso com a intenção de demonstrar força política na Casa que vai decidir o futuro de Michel Temer. Segundo interlocutores, o governo atuará em três frentes para mobilizar a base aliada: aprovar em regime de urgência a reforma trabalhista no Senado, obter rapidamente o aval ao nome de Raquel Dodge para a Procuradoria-Geral da República e, paralelamente, acelerar na Câmara a tramitação da denúncia do Ministério Público contra o presidente. Leia Mais »

Nenhum comentário:

Postar um comentário