segunda-feira, 12 de junho de 2017

Senado ignora decisão do Supremo e mantém Aécio na lista de senadores em exercício

Foto: Antonio Cruz / Agência Brasil
O Senado Federal descumpre há 20 dias a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de afastar o senador Aécio Neves (PSDB-MG) das funções parlamentares. O nome do tucano ainda aparece na lista de senadores em exercício no site da Casa e no painel de votação. De acordo com a Folha, o gabinete de Aécio também tem funcionado normalmente. Se comparecesse a uma sessão, ele estaria apto a votar. O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), não se manifestou sobre a questão. A Mesa do Senado ainda não debateu o tema, embora alguns senadores tenham pedido reunião do colegiado a Eunício. Na próxima semana pode haver uma reunião do colegiado sobre o assunto. Na decisão de 17 de maio, o ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo, determinou que Aécio fosse suspenso das funções parlamentares e de qualquer outra função pública, impedindo-o também de encontrar réus ou investigados e de deixar o país. A assessoria do tucano disse que ele está afastado de suas funções legislativas, conforme decisão de Fachin. Não se sabe ainda se Aécio continuará recebendo sua remuneração de R$ 33.763 e os demais benefícios. BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário