terça-feira, 13 de junho de 2017

Rede pede ao STF anulação do julgamento da chapa Dilma-Temer

A legenda ainda pediu que seja feito um novo julgamento
O partido Rede Sustentabilidade pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF), nesta segunda-feira (12), que o julgamento da chapa Dilma-Temer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) seja anulado.

A legenda ainda pediu que seja feito um novo julgamento, mas que dessa vez as delações de ex-executivos da Odebrecht sejam consideradas. A Rede argumenta que, em 2004, o STF decidiu por unanimidade pela validade de um artigo da Lei das Inelegibilidades que permite ao juiz considerar fatos públicos e notórios, mesmo que não tenham sido alegados pelas partes na ação inicial.

No entendimento do partido, então, a maioria dos ministros do TSE contrariou a decisão do STF ao retirar provas da Odebrecht do caso

Na última sexta-feira (9), a chapa Dilma-Temer, vencedora nas eleições de 2014, foi absolvida por 4 votos contra 3. O PSDB acusava a chapa de ter cometido abuso de poder político e econômico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário