terça-feira, 13 de junho de 2017

PT lamenta ‘ataque’ a jornalista e culpa Globo por ‘clima de radicalização e ódio’

Foto: Divulgação
Em resposta ao suposto ataque que a jornalista Miriam Leitão teria recebido de militantes do PT (veja aqui), o partido se manifestou "lamentando o constrangimento" sofrido por ela. Por meio do Facebook, a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), emitiu uma nota oficial afirmando que orienta a militância do partido no sentido de "não realizar manifestações políticas em locais impróprios e a não agredir qualquer pessoa por suas posições políticas, ideológicas ou por qualquer outro motivo, como confundi-las com as empresas para as quais trabalhem". "Entendemos que esse comportamento não agrega nada ao debate democrático. Destacamos ainda que muitos integrantes do Partido dos Trabalhadores, inclusive esta senadora, já foram vítimas de semelhante agressão dentro de aviões, aeroportos e em outros locais públicos". Mesmo com toda solidariedade prestada para a jornalista, a nota critica a Rede Globo e afirma que a emissora é "em grande medida, responsável pelo clima de radicalização e até de ódio por que passa o Brasil". "E em nada [a empresa] tem contribuído para amenizar esse clima do qual é partícipe. O PT não fará com a Globo o que a Globo faz com o PT", escreveu a senadora. BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário