segunda-feira, 19 de junho de 2017

O debate racional foi para o brejo

“Já não há mais possibilidade de um debate racional sobre a situação do país.”

É o que escreve Merval Pereira no Globo.
Cita, de um lado, as intimidações de militantes petistas a Miriam Leitão e Alexandre Garcia dentro de aviões; e, do outro, as “explicações conspiratórias para a denúncia jornalística de uma gravação do diálogo entre o presidente da República e um empresário, onde diversos crimes são descritos e abordados”.

Para Merval, “cada grupo político vê os acontecimentos da maneira que lhe convém, e o debate vai para o brejo”.

Ele defende o interesse público da entrevista de Joesley Batista à Época, “já que o empresário que gravou o presidente da República não falara ainda para um órgão jornalístico”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário