terça-feira, 13 de junho de 2017

ILHÉUS-BA: Presos por fraude em licitações são ouvidos em audiência

Foto: Reprodução / TV Santa Cruz
Acusados de participar de um esquema que fraudou R$ 25 milhões da secretaria de Desenvolvimento Social de Ilhéus, no litoral sul, Jamil Chagouri Ocké, Kácio Clay Silva Brandão e Enoch Andrade foram ouvidos pela Justiça nesta segunda-feira (12). O fato foi antecipado pelo BN (lembre aqui). Segundo a TV Santa Cruz, na audiência onde seriam ouvidas testemunhas de defesa, os jornalistas não puderam acompanhar os depoimentos no fórum. Foi informado que 20 testemunhas foram solicitadas pela defesa, mas nove delas foram dispensadas. O motivo não foi informado. Jamil, eleito vereador mais votado em 2016, foi ex-secretário de Desenvolvimento Social, e tinha como assessor Kácio Clay. Enoch Andrade era o elo empresarial do esquema. Os três foram presos em março na Operação Citrus, realizada pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA). Ainda segundo o site, o MP e a defesa dos suspeitos juntaram mais de mil páginas ao processo com novos elementos sobre a acusação de desvio de recursos da prefeitura. Depois de ouvir as testemunhas, a juíza do caso começou a ouvir os réus. Além dos três presos, outros cinco suspeitos que respondem em liberdade pelos mesmos crimes também vão prestar esclarecimentos. Os advogados disseram que somente depois da audiência vão se pronunciar. BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário