terça-feira, 20 de junho de 2017

Condenado por Moro a mais de 14 anos de prisão, Sérgio Cabral recorre no TRF

Foto: Alex Ferro / Rio 2016
Condenado a 14 anos e dois meses de prisão por lavagem de dinheiro e corrupção, Sérgio Cabral entrou com recurso no Tribunal Regional Federal (TRF). A informação é da coluna Radar Online, da Veja. A pena, imposta pelo juiz Sergio Moro, se refere à primeira condenação do ex-governador do Rio de Janeiro na Operação Lava Jato. Neste processo, Cabral foi investigado pelo recebimento de propina de 2,7 milhões de reais da empreiteira Andrade Gutierrez, entre os anos de 2007 e 2011. O montante foi desviado das obras do Complexo Petroquímico do Estado (Comperj), da Petrobras. Cabral já é réu em outros nove processos e foi denunciado pela 11ª vez pelo Ministério Público Federal do Rio (MPF-RJ). Essa denúncia, que também inclui a ex-primeira dama Adriana Ancelmo, investiga o crime de lavagem de dinheiro na compra de R$ 4,5 milhões em joias na joalheria de luxo H. Stern, entre 2009 e 2014 (saiba mais aqui). BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário