sexta-feira, 16 de junho de 2017

Botafogo-PB, na Série C, o dono da defesa menos vazada entre os 60 clubes das três principais divisões do futebol brasileiro 2017

Por Cadu Vieira, João Pessoa
Ex-Vasco e Inter, o goleiro Michel Alves tem média de apenas 0,2 gols sofridos por jogo (Foto: Fabiano de Oliveira)
Líderes das séries A e B do Campeonato Brasileiro respectivamente, Corinthians e Juventude são donos de defesas sólidas, fator que os ajuda a se manterem no topo das tabelas de classificação. E isso pode até levar um torcedor mais desavisado a achar que um ou outro é o dono da defesa menos vazada do Brasil na atualidade. Ou até mesmo Cruzeiro, São Paulo ou Flamengo, que também têm bons números na elite. Mas não.

O líder nesse quesito não está na Série A. Nem na B. É o Botafogo-PB, na Série C do Brasileiro, o dono da defesa menos vazada entre os 60 clubes das três principais divisões do futebol brasileiro. Um clube que, curiosamente, nem lidera o seu grupo (na 3ª divisão, as equipes são divididas em dois grupos de 10 cada), ainda que esteja dentro da zona de classificação.

Dupla de zaga do Corinthians, Balbuena e Pablo têm ajudado o Timão a ter a segunda melhor defesa da Série A, ao lado de Cruzeiro, Flamengo e São Paulo (Foto: Marcos Riboli)

Na Série A, o Corinthians ainda está invicto e lidera a competição muito por conta da defesa consistente, que sofreu apenas cinco gols em sete jogos até aqui. O Timão só sofreu mais gols que o Coritiba, dono da zaga menos vazada na elite, com apenas quatro gols sofridos. Já na Série B, a solidez da defesa ajuda mais ainda o Juventude. Em sete partidas, o time gaúcho sofreu apenas três gols e lidera a competição.

Mas o Belo - como é conhecido o time de João Pessoa - está melhor quando o assunto é frustrar os atacantes adversários. O Alvinegro da capital paraibana sofreu apenas um gol em cinco jogos disputados na Série C até o momento. Jogou menos partidas que os times das séries A e B, é bem verdade, mas tem uma média de apenas 0,2 gols sofridos por jogo, enquanto que a média do Juventude é de 0,42, a do Coritiba é de 0,57 e a Corinthians é de 0,71. Leia tudo aqui http://globoesporte.globo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário