quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Quebra-pau na Esplanada. Até flecha atiraram na polícia

Deu no Diário do Poder
A Esplanada dos Ministérios virou um verdadeiro campo de guerra na tarde desta terça-feira (29). A manifestação começou por volta das 16h. O ato foi organizado pela CUT, MST, UNE e outras organizações, além de grupos indígenas.

A confusão começou quando os manifestantes depredarem três carros, um da Rede Record e dois particulares, que estavam na frente do Congresso Nacional, e depois entraram em confronto com a Polícia Militar do Distrito Federal.

Motivo da baderna é a votação no Senado Federal da Proposta de Emenda à Constituição 55, conhecida como a PEC do teto dos gatos públicos.

Segundo informações da Secretaria de Segurança são 10 mil manifestantes no local.

Depois de serem retirados do gramado do Congresso Nacional, o grupo fugiu da polícia e decidiu invadir e depredar o Ministério da Agricultura. Ao menos sete ministérios foram depredados. A Catedral foi alvo dos atos de vandalismo.

Às 18h52 a PMDF já havia decretado o fim do “protesto” na frente do Congresso.

Os baderneiros saquearam e depois atiaram fogo em três carros que estavam estacionados na Catedral de Brasília.

Nenhum comentário:

Postar um comentário