quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Café amargo para os brasileiros

Enquanto discutia a proposta que cria o limite de gastos públicos, a Câmara abriu os cofres públicos para comprar 63 toneladas de “café em pó categoria superior”, para servir suas excelências pelo período de 12 meses. A Câmara gastará R$ 689,22 mil com a compra.

Para a aquisição do café foi realizada uma licitação, em 10 de outubro de 2010, já sob o comando do presidente tampão da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-DF). A empresa vencedora do certame é a Fino Sabor Indústria e Comércio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário