quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Troca de e-mails confirma encontro entre Dilma e Marcelo Odebrecht

Dilma Rousseff se reuniu com Marcelo Odebrech e tratou de navios-sondas para o pré-sal, embora o encontro não conste na agenda do Palácio do Planalto. A reunião, relatada pelo empreiteiro a seus executivos por meio de uma mensagem de correio eletrônico, também contou com a presença do então ministro da Casa Civil Antônio Palocci, preso na 35ª fase da Operação Lava-Jato. 

Segundo matéria do Correio Braziliense, a conversa foi sobre a concorrência para contratação de 21 sondas de perfuração do petróleo na camada do pré-sal.

De acordo com a Polícia Federal, o ex-ministro ajudava a Odebrecht em negócios de seu interesse, como as embarcações para exploração a serviço da Petrobras, e obtinha propinas para ele e para o PT. De 2008 a 2013, foram R$ 128 milhões pagos, de acordo com a investigação.

As informações constam no pedido de prisão de Palocci, embora o delegado Filipe Hile Pace não indique uma conduta criminosa de Dilma Rousseff na reunião, ocorrida em 12 de maio de 2011. Leia AQUI

Nenhum comentário:

Postar um comentário