quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Aprovada a operação que cria a maior cervejaria do mundo

Os acionistas da empresa britânica SABMiller aprovaram nesta quarta-feira (28) a venda da empresa à AB Inbev, de capital belga e brasileiro, retirando o último obstáculo para a criação da líder mundial do setor de cervejas, em uma das maiores fusões da história.

A SABMiller anunciou, em um comunicado divulgado em Lodres, que os acionistas aprovaram a venda por 45 libras a ação, o que eleva o valor da aquisição em 79 bilhões de libras (US$ 104 bilhões, 91,5 bilhões de euros), e criará um gigante que reunirá marcas populares como Corona, Stella Artois, Leffe, Budweiser, Fosters’s ou Coors.

A previsão é que a compra da SABMiller deve ser concluída em 10 de outubro. Um dia depois, as ações da empresa terão sua cotação principal na Bolsa de Bruxelas, com cotações secundárias em Johannesburgo, local de origem da SABMiller, e no México. Pouco depois disso, a empresa pretende começar um processo de venda das marcas europeias da SABMiller, avaliadas em US$ 7 bilhões.

No final de julho, o Conselho de Administração da cervejaria britânica aceitou a proposta de compra por parte da AB InBev, na que se anuncia como uma das maiores fusões/aquisições da história. O negócio é avaliado em mais de US$ 100 bilhões.

Na época, o Conselho indicou em um comunicado que “previa por unanimidade” recomendar aos seus acionistas que aceitem a transação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário