domingo, 31 de julho de 2016

Atleta assaltado por policiais deixa a Olimpíada

O lutador de jiu-jitsu, o neozelandês Jason Lee, que acusou policiais militares de sequestro e extorsão, na Baixada Fluminense, deixou o Brasil. Ele sentiu-se ameaçado depois que, como disse, policiais apareceram de surpresa em sua casa, na última segunda-feira (25).

Segundo o relato de Lee nas redes sociais, ele não deixou os policiais entrarem na casa e entrou em contato imediatamente com a Polícia Civil e com a Embaixada da Nova Zelândia. “A Polícia Civil tinha me garantido que, se eu desse um depoimento [sobre o caso do sequestro], a Polícia Militar não teria acesso às minhas informações pessoais”, escreveu Jason Lee numa rede social.  Leia Mais »

Nenhum comentário:

Postar um comentário