terça-feira, 28 de junho de 2016

BA: Há mais de um ano na fila, paciente recebe rim e fígado de uma só vez

Um paciente, de 51 anos, do Hospital São Rafael recebeu um transplante duplo de órgãos na última semana depois de ficar mais de um ano na fila de espera. Custeado pelo Sistema Único de Saúde (SUS), este é o primeiro procedimento desse tipo efetuado no Estado no último ano. Segundo a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), o paciente está se recuperando satisfatoriamente. Os órgãos, fígado e rim, foram doados por uma mulher de 43 anos, vítima de hemorragia cerebral.

Ainda de acordo com a Sesab, também na última semana, a Bahia registrou um total de quatro doações de múltiplos órgãos, nos hospitais São Rafael, Ana Nery, Roberto Santos e Dantas Bião, em Alagoinhas. Esse ano, até o mês de maio, foram registradas 46 doações de múltiplos órgãos e 163 de córneas. No mesmo período, a Bahia contabilizou 198 transplantes de córnea, 28 de medula, 13 de esclera (branco do olho), nove de fígado e 39 de rim, sendo 34 com doador cadáver e 5 intervivos.

Dados da Coordenação do Sistema Estadual de Transplantes (Coset), da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), indicam que o número de pessoas que resistem a autorizar o transplante de órgãos de parentes, na Bahia, ainda é muito alto.

De cada 10 famílias baianas, apenas três autorizam o procedimento após o falecimento do parente, enquanto a fila de quem depende deste ato solidariedade só tem crescido nos últimos anos. Para alterar essa realidade, a Sesab mantém ações permanentes de sensibilização e orientação à população. Fonte: Correio 24 horas

Nenhum comentário:

Postar um comentário