sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Ministério Público denuncia Neymar por sonegação fiscal e falsidade ideológica

Foto: Reprodução/Barcelona
O Ministério Público Federal (MPF) denunciou na última quinta-feira (28) o atacante Neymar, do Barcelona, por crimes de sonegação fiscal e falsidade ideológica. Segundo informações da coluna Bastidores FC, do globoesporte.com, o documento foi entregue sobre sigilo na 5ª Vara de Justiça Federal de Santos e também tem como indiciados o pai do atleta, Neymar dos Santos, o presidente do Barcelona, Sandro Rosell e o empresário Josep Maria Bartomeu. Com isso, a Justiça analisará o pedido e decide se transformará os quatro em réus. A suspeita do procurador-chefe do MPF de São Paulo, Thiago Lacerda Nobre, é sobre a suspeita de dinheiro que foi recebido pelas empresas do atleta durante as negociações para o clube catalão. Por falta de declaração dos valores recebidos, o jogador foi multado e teve R$ 188 milhões retidos para garantir o pagamento das autuações. BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário