quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Bahia lidera casos de Guillain-Barré

Identificada na Bahia deste o mês de junho deste ano, a Síndrome de Guillain-Barré, que além de causar fraqueza muscular, pode paralisar membros do corpo, tem se espalhado pelo país. O último boletim da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), apontou que 64 casos foram confirmados, de um total 156 ocorrências. Apesar do aumento do número, o Ministério da Saúde afirma não ter dados nacionais sobre a doença. O jornal Folha de S. Paulo, no entanto, reuniu dados das secretarias de Saúde e mostrou que, pelo menos, 554 casos foram notificados no Nordeste. A maioria entre os meses de maio e outubro. Do total, 165 foram confirmados. Os demais permanecem sob investigação. A Bahia lidera o número de notificações entre os estados brasileiros, seguida de Pernambuco, com 127 registros e 46 confirmações. Além do Nordeste, outras regiões com registro do Zika Vírus já apresentam suspeitas. No Rio de Janeiro, há quatro notificações. (Metro1)

Nenhum comentário:

Postar um comentário