sábado, 31 de outubro de 2015

Previdência do Brasil assemelha-se à Grécia, com déficit de R$ 157 bilhões, alerta ministro do TCU

Foto: Divulgação
A situação da Previdência brasileira foi criticada pelo ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Augusto Nardes. Ele comparou o cenário do Brasil ao da Grécia e de Portugal, dois países que passam por sérias dificuldades com o setor. 
Este ano, o déficit deve chegar a R$ 157,3 bilhões. Para 2016, a previsão é de R$ 194,9 bilhões. De acordo com a Agência CNM, Nardes deu declarações durante palestra no Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (Ibmec), nesta quinta-feira, 29 de outubro. Os alertas e dados mencionados pelo ministro foram apresentados no Plenário do TCU. 
O ministro chama atenção para a crise atual, que pode intensificar o problema da Previdência. Com a queda no emprego formal, a arrecadação caí e o déficit aumenta, explica.
Soluções indicadas - Para resolver a questão, Augusto Nardes defende a igualdade na contribuição entre homens e mulheres – que se aposentam mais cedo – e o aumento da contribuição para 75 anos. Dois pontos polêmicos. E o último foi recentemente vetado pela Presidência da República. O ministro disse que o “remédio pode ser mais amargo”, caso a situação não seja enfrentada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário