quinta-feira, 29 de outubro de 2015

'Inflação do aluguel' acumula alta de 10% em 12 meses

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), também chamado de inflação do aluguel, porque é usado para reajustar a maioria dos contratos imobiliários, fechou o mês de outubro em alta de 1,89%, contra 0,95% no mês anterior. Com isso, o indicador acumulou aumento de 8,35% no ano e de 10,09% em 12 meses, de acordo com a Fundação Getulio Vargas (FGV). Considerando apenas o mês de outubro, a taxa é a mais alta desde 2002, quando chegou a 3,87%. Os três componentes do IGP-M apresentaram as seguintes trajetórias, na passagem de setembro para outubro: o Índice de Preços no Atacado subiu de 1,30% para 2,63%, o Índice de Preços ao Consumidor, de 0,32% para 0,64%, e o Índice Nacional da Construção, de 0,22% para 0,27%.

São Paulo - No início desta semana, o sindicato da habitação de São Paulo disse que os contratos novos de aluguel ficaram, em média, 0,5% mais baratos em setembro, na comparação com o mês anterior. Frente a setembro do ano passado, a queda é ainda maior, de 2,1%, contra inflação de 8,4%, medida pelo Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), no acumulado do mesmo período. (G1)

Nenhum comentário:

Postar um comentário