quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Bebeto critica ‘terrorismo’ de Jabes e acusa prefeito de ‘usar MPT’ para justificar demissões

por Francis Juliano*Foto: Reprodução
O deputado federal Bebeto (PSB), ligado à região sul da Bahia, usou a tribuna da Câmara dos Deputados nesta terça-feira (29) para dizer que o prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro (PP), faz “terrorismo” e adota uma “cultura do medo” com funcionários da prefeitura. O discurso do parlamentar vem no bojo da anunciada demissão de 480 funcionários da gestão local. Bebeto ainda afirmou que Ribeiro usou o Ministério Público do Trabalho para justificar a demissão massiva. “Isso é grave. O Ministério Público desmentiu publicamente o prefeito, dando conta que não adotou nenhuma medida de orientar o prefeito de Ilhéus a patrocinar demissões”, discursou. O socialista ainda criticou a tentativa de contratação onerosa de uma cooperativa de médicos por R$ 58 milhões, e da diferença paga – para servidores comuns e do gabinete do prefeito – em tickets de alimentação em detrimento dos primeiros. (Atualizada às 10h39) BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário