domingo, 30 de agosto de 2015

Mulher que fumava 500 cigarros por semana parou de fumar após neto fazer apelo

Após o neto fazer um apelo, a servidora pública Haydée Meireles, de 54 anos, que fumava 500 cigarros por semana, resolveu parar de fumar. Segundo ela, eram três carteiras por dia durante a semana e aos finais de semana chegava a fumar dez. Há quatro anos, Haydée conta que parou de fumar e que hoje não se imagina mais com o velho hábito.

“Um dia meu neto perguntou porque eu usava aquela porcaria e naquele momento resolvi que era preciso parar”, lembra. Como o Dia Nacional de Combate ao Fumo é comemorado neste sábado (29), a servidora conta como foi sua luta contra o tabagismo. Fumante desde 15 anos, ela conta que foi induzida pela curiosidade. Por 35 anos, ela ficou como fumante.

“Quando resolvi parar, confesso que não foi fácil. Usei por 45 dias um adesivo fornecido pela Saúde, e isso me ajudou bastante. Além disso, tentava ocupar minha mente jogando paciência no computador. Parei pelo meu neto e por pensar que era melhor parar antes de ficar doente do que ter que fazer isso à força”, fala.

A servidora pública diz que quando vê outros fumantes hoje em dia, principalmente jovens, sente pena. “Sei o quanto é difícil parar e o quanto fumar faz mal. Graças a Deus e ao meu neto consegui largar esse vício, e hoje não tenho vontade nenhuma de voltar a fumar. Tenho muitos amigos que continuam com esse hábito. Espero que eles consigam sair disso, assim como eu”, afirma.

Economia de R$ 6 mil ao ano
Ao considerar que um maço de cigarro fabricado no Brasil na época em que a servidora pública fumava custava em média R$ 5, ela que consumia diariamente três maços de cigarro e aos finais de semana dez, no fim do mês o gasto era de em média R$ 100. Em um ano, Haydée chegou a gastar R$ 6 mil com cigarros. Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário