quinta-feira, 30 de julho de 2015

Ator de Brasília revela ser soropositivo e lança musical para lutar contra o preconceito

♫ ♫ É só isso... 
Não tem mais jeito... 
Acabou. 
Boa sorte! ♫ ♫

Boa Sorte, de Vanessa da Mata e Ben Harper, foi a trilha sonora que precedeu a cena que mudaria a vida de Gabriel Estrëla. Em 2010, quando o jovem brasiliense foi buscar o resultado do exame de HIV em um laboratório da capital, havia uma cantora na sala de espera tocando violão. "A moça escolheu mal a música", ele recorda, em entrevista ao Brasil Post.

A canção daquele dia memorável também empresta o título para o próximo trabalho do ator, cantor e diretor de 23 anos.

O musical autobiográfico Boa Sorte, que vai estrear no fim de outubro em Brasília, conta a história de um jovem homossexual e soropositivo. Com todas as suas dúvidas, angústias e superações.

Convenhamos: mesmo em tempos em que todos têm voz nas redes sociais, aids e HIV não estão entre os assuntos mais discutidos. Quantas vezes você já leu um post de desabafo de um soropositivo no Facebook? Quantos amigos ou conhecidos compartilham as experiências desde a descoberta de que têm o vírus? Leia mais no Brasil Post

Nenhum comentário:

Postar um comentário