sábado, 30 de maio de 2015

Bahia vence Paraná e lidera Série B

Jogando para a sua torcida pela primeira no Campeonato Brasileiro da Série B, o Bahia derrotou o Paraná Clube por 1 a 0 e assumiu a liderança do certame nacional. Mesmo apresentando um bom volume de jogo e marcando logo no primeiro tempo, o Esquadrão de Aço não conseguiu transformar a sua força em gols e precisou apenas do placar mínimo para chegar a sua 3ª vitória em quatro jogos disputados. O jogo já começou a todo vapor, com o Paraná levando perigo aos 4 minutos em finalização de Rafael Costa que passou a direita da meta do time anfitrião. Logo depois, aos 6, o volante Eduardo acabou torcendo o tornozelo e foi substituído por Willians Santana. Em uma partida bastante veloz dos dois lados, os donos da casa valorizavam o toque de bola para tentar envolver os paranistas, que faziam uma dura marcação homem a homem e impediam a bola de chegar ao gol de Murilo. Mesmo assim, aos 15, o Time da Boa Terra venceu os adversários em lance de escanteio, que acabou desperdiçada por fraca cabeçada de Léo Gamalho. Apostando na velocidade de Williams Santana, a equipe de Sérgio Soares tentava surpreender a defesa rival, que conseguia efetuar boas investidas contra o ataque tricolor. Apesar do ferrolho paranaense, o gol tricolor baiano não demorou de acontecer. Aos 20, Marlon cobra uma potente falta que foi espalmada por Murilo e acabou sobrando para Titi abrir o marcador.

FICHA TÉCNICA:
Série B - 4ª rodada
Bahia 1x0 Paraná
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data: 29/05/2015
Horário: 21h50
Cartão Amarelo:Tony, Danilo Baia, Marcos Paraná
Cartão Vermelho:Danilo Baia, Pittoni
Gol: Titi
Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF)
Auxiliares: José Araújo Sabino e Daniel Henrique da Silva Andrade.

Bahia: Douglas Pires; Tony, Robson, Titi e Marlon; Wilson Pittoni, Tiago Real, Rômulo (Mateus) e Eduardo (Williams Santana, Yuri); Zé Roberto e Léo Gamalho. Técnico: Sérgio Soares. 
Paraná: Murilo, Danilo Baia, Zé Roberto, Léo Coelho, Fernandes, Jean, Washington, Éder, Rafael Costa (Yan Philippe), Marcos Paraná (Lucas Pará) e Henrique. Técnico: Nedo Xavier.

Nenhum comentário:

Postar um comentário