segunda-feira, 30 de março de 2015

JEQUIÉ-BA: Continua presa catadora de reciclagem que encontrou documentos públicos e exigiu recompensa para devolvê-los

A catadora de recicláveis Elizângela Sertão, que encontrou grande quantidade de fichas com cadastros de usuários do SAC, jogados em um terreno baldio ao lado de sua casa no Loteamento Santa Luz (Cansanção), bairro Joaquim Romão, está presa no Conjunto Penal de Jequié, desde segunda-feira (23/3). Após encontrar o material e mantê-lo sob seu poder em casa, ela fazia exigência de uma recompensa financeira para fazer a devolução, cujo dinheiro iria destinar a compra de remédios. 

O material já foi recuperado e devolvido ao estado. A mulher foi enquadrada no artigo 305 do Código Penal Brasileiro, que prevê a pena de reclusão de dois a seis anos além de multa, para quem destruir, suprimir ou ocultar documento público, em benefício próprio ou de outrem ou em prejuízo alheio. A família está apelando para conseguir um advogado gratuitamente para acompanhar o processo e colocá-la em liberdade. Foto/Fonte:Wilson Novaes

Nota TN: Essa cidadã roubou quem afinal? Ela encontrou no lixo. Para resolver o problema era muito simples, comprava-se os remédios que ela alega que precisa e pegava os documentos (que foram jogados no lixo e não roubados por ela). Não é justo que esta mulher continue presa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário