sábado, 28 de fevereiro de 2015

MA:Ladrões invadem concentração, fazem jogador refém em São Luís

Por Bruno Alves*São Luís/http://globoesporte.globo.com
A delegação do Imperatriz viveu momentos de terror no início da tarde deste sábado. Três homens invadiram a concentração do Cavalo de Aço e, em uma ação de aproximadamente 30 minutos, levaram computadores, joias, celulares, dinheiro e outros pertences dos jogadores.

Segundo o relato do técnico Celinho a ação aconteceu por volta das 13h30 e um Boletim de Ocorrência já foi registrado no Plantão Central do 4º DP. O treinador cita os momentos de tensão que o elenco viveu na concentração, localizada no bairro Três Poderes.

Quarto dos jogadores foi completamente revirado pelos assaltantes (Foto: Divulgação/Imperatriz)
- Os caras pegaram o Junior Chicão e fizeram ele de refém. Engatilharam o revólver na cabeça dele, deram uma coronhada no Keulson e mandaram todo mundo ficar abaixado. Acredito que eram três pessoas, que invadiram, e mais dois esperando no lado de fora. Eram 27 pessoas na concentração. Fizeram uma arruaça geral, bagunçaram as malas dos jogadores, os armários, jogaram comida no chão e a todo momento ameaçavam a gente.

A invasão da concentração aconteceu no momento em que os jogadores deixavam o local para ir a um hotel da cidade, onde ficariam até o jogo contra o Sampaio, que será realizado neste domingo. Apesar da coronhada, o meia Keulson não sofreu nenhum ferimento grave.

Roupas dos jogadores foram empilhadas no chão pelos assaltantes (Foto: Divulgação/Imperatriz)
- O Junior Chicão é o jogador mais abalado emocionalmente e não consegue parar de chorar - disse Celinho, lembrando que o atacante é titular do Imperatriz e marcou dois gols diante do Moto no último domingo.

Ciente do compromisso pela quarta rodada do Campeonato Maranhense, Celinho, que anteriormente esperava contar com todo o time, irá aguardar a condição psicológica dos jogadores para saber como ficará a escalação.

Junior Chicão, artilheiro do Imperatriz, foi feito refém (Foto: Biaman Prado/O Estado)
- Agora vamos analisar a situação para saber o que vai acontecer. É complicado. Psicologicamente todo mundo está destruído.

A diretoria do Imperatriz está no local, mas ainda não se pronunciou oficialmente. Entre as primeiras medidas, além do registro do B.O. estão sendo analisadas as imagens de câmeras de segurança, próximas à concentração do Cavalo de Aço.

FMF mantém jogo
O presidente da Federação Maranhense, Antônio Américo garante que a partida será realizada e no momento é inviável uma alteração de datas.

- A partida segue mantida até o momento, até porque não houve um pedido do Imperatriz. É uma situação delicada, porque o Sampaio já está por lá e muitos ingressos foram vendidos. Infelizmente não temos como fazer uma modificação também por falta de datas e pelo fato do Sampaio ter três competições simultâneas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário