sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Relatório mostra que a tortura e violência policial são principais violações no Brasil

A organização Human Rights Watch divulgou um relatório na última quarta-feira (28) e mostrou que tortura em prisões e violência policial são as principais violações dos direitos humanos no Brasil. 
O documento anual analisou 90 países e cita os Estados de São Paulo e Rio de Janeiro com o maior número de mortes em decorrência de intervenções policiais. No ano de 2014, a polícia paulista foi responsável por um total de 728 pessoas mortas - um crescimento de 97% em relação a 2013, quando ocorreram 369 casos. O número de mortes é maior do que todas as que aconteceram na África do Sul, que terminou o ano passado com 413 assassinatos em uma população que ultrapassa 50 milhões de habitantes. Somente no Rio de Janeiro, o número de ocorrências passou de 416, em 2013, para 582 em 2014 - um crescimento de 40%. O levantamento foi realizado num período de cinco anos (2005 a 2010) e mostrou que apenas 455 casos de tortura, envolvendo 752 réus, foram julgados pelos 27 Tribunais de Justiça estaduais, que são os órgãos de segunda instância no país. Leia mais AQUI.

Nenhum comentário:

Postar um comentário