sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Hospitais vão ajudar a recolher dados sobre agressões contra LGBT

Uma alteração na ficha que faz notificações dos casos de violência que chegam a todos os hospitais públicos e particulares do país vai ajudar a recolher dados sobre agressões contra lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBT). O anúncio foi feito hoje (29) pelo ministro da Saúde, Arthur Chioro, durante assinatura de uma portaria que cria comissão interministerial para combater a violência contra essa população. Segundo o ministro, além dos dados gerais e informações sobre o caso, dois campos foram acrescentados. A segunda informação a ser recolhida é relativa à identidade de gênero e traz as opções de travesti, mulher transexual, homem transexual... Leia Mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário